Rede Social


sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Oscar 2017: Conheça os Cinco Favoritos na Categoria de Melhor Diretor

Hoje é dia de conferir mais novidades sobre o Oscar 2017. \o/ Nosso Colunista Ricardo Odilec selecionou os 5 favoritos na categoria de Melhor Diretor. Se liga nas críticas do nosso Especialista! :D 



Ang Lee, diretor taiwanês, tem um histórico repleto de sucessos e prêmios, o que faz dele um dos maiores realizadores em atividade no cinema. Ang faz parte do seleto grupo de cineastas vivos com duas vitórias no Oscar, por “O Segredo de Brookeback Mountain” e “As Aventuras de Pi”. Somente seis pessoas possuem esta honraria. Além destas conquistas, ainda venceu a categoria de Melhor Filme Estrangeiro por “O Tigre e o Dragão”. Diversificado em seus trabalhos, Lee, este ano, aposta no drama de guerra “A Longa Caminhada de Billy Lynn”. Um filme bastante polêmico e crítico com relação às políticas de guerra norte-americanas. Elementos que a Academia gosta de premiar.

Ang Lee

Definitivamente, o mundo da moda terá que ceder um de seus estilistas mais importantes para o cinema, pois Tom Ford repete seu trabalho magnífico de “Direito de Amar” em “Nocturnal Animals”. O longa estreou no último Festival de Veneza e saiu de lá sobre extensos elogios. O sucesso sem dúvida é fruto do talento de Ford, que produziu, adaptou e dirigiu o filme. Sua performance como diretor é creditada como sensível, cuidadosa e ousada. Mesmo sem muita experiência, exibe habilidades natas e um olhar apurado. A Academia gosta de premiar filmes ousados em sua narrativa e “Animais Noturnos” apresenta uma história dentro de sua história (metalinguagem), que, quando bem contada, é sucesso na certa.

Tom Ford

Nunca se pode passar indiferente a qualquer produção de Scorsese. Não só pelo seu grande talento, mas também por sua carreira. Responsável pela realização de vários clássicos do cinema, ele recebeu, ao todo, dez indicações ao Oscar e tem (pasmem!) somente uma vitória por “Os Infiltrados”. O seu novo filme “Silêncio” é, há alguns anos, esperado e todas as novidades que apareciam sobre ele foram recebidas com animação. Fato é que estamos diante de uma superprodução do diretor, de trama forte e técnica aprimorada. Para a realização de filmes desta magnitude é necessário diretores de muita experiência. Scorsese nunca falhou nestas missões.


Martin Scorsese

Após o sucesso, há dois anos, de “Whiplash: Em Busca da Perfeição”, no Festival de Sundance, o mundo conheceu um diretor promissor, de grande talento. Damien Chazelle tem somente 31 anos, mas faz cinema de qualidade. Além de produtor e diretor, ele também é roteirista e foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por Whiplash. Premiado em diversos festivais por todo o mundo, Chazelle apresenta, desta vez, aquele que está sendo considerado um dos melhores filmes do ano: “La La Land”. Exibindo um cinema original, mas sem deixar as referências aos clássicos, tem recebido diversos elogios por onde já estreou. A Academia tem buscado renovação, e Chazelle atende a esta procura.


Damien Chazelle

"Loving” é um filme que vem despertando atenção e expectativas ao longo deste ano. Sua importante temática e sensibilidade podem ser creditadas ao excelente trabalho de Jeff Nichols. Mesmo com poucos filmes em seu currículo, há alguns anos, ele chama a atenção pelo seu bom trabalho. Novo, ele também cumpre a procura da Academia pela renovação. Os debates sobre o preconceito racial e a falta de espaço para atores negros deram o tom da edição deste ano do Oscar. Todos esperam que Hollywood e as premiações deem mais espaço para filmes que abordem tramas positivas a este respeito. Nichols passou por Cannes recebendo muitos elogios.


Jeff  Nichols

Muito legais as críticas sobre esses grandes diretores, né? Já estamos ansiosos para assistir aos filmes de cada um deles! E vocês? :D 

Vem pra nossa loja e conheça nossos posters de filmes. Temos quadros de muitos clássicos do cinema e longas que levaram o Oscar! Todos incríveis, para deixar sua casa cheia de estilo. Acesse: www.mundominimalista.com.br :) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário