Rede Social


terça-feira, 31 de janeiro de 2017

10 Lições que todo fã de Clube da Luta vai adorar recordar



“Cada palavra que você lê é um segundo de sua vida que você perde. A sua vida é tão vazia que você não consegue nem pensar em um outro jeito de gastar seu tempo? Você lê tudo que deveria ler? Você pensa exatamente tudo que te mandam pensar? Saia do seu apartamento. Prove que você está vivo. Se você não for atrás da sua humanidade, você vira uma estatística” (Tyler Durden, Clube da Luta)

Se você não reconhece a assinatura aí em cima, melhor não seguir este texto. Do contrário, sabe muito bem de que se trata de um personagem de Clube da Luta (Fight Club), filme dirigido por David Fincher e baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk. A história apresenta um homem comum (Edward Norton) descontente com seu trabalho, sua vida e a sociedade ao seu redor. Negando tudo, ele se junta com Tyler Durden (responsável pela frase acima e interpretado por Brad Pitt) para formar um clube de combate sem muitas regras, recheado de violência, crítica à sociedade norte-americana e frases feitas. O longa foge da estética de produções hollywoodianas e retrata a geração dos anos 90: vazia, sem grandes ideias e apoiada no consumo. Para fugir dessas amarras e ter a sensação de liberdade, o protagonista precisa perder tudo e experimentar a dor real.



Selecionamos 10 lições do Clube da Luta. Se estiver preparado, é só conferir:

1. A primeira regra do Clube da Luta é: não se fala sobre o Clube da Luta;
2. Considere a possibilidade de que Deus não goste de você, nunca lhe quis e, provavelmente, te odeia;
3. Não queira ser completo, nada de querer ser perfeito. Pare de tentar controlar tudo e deixe o barco correr;
4. A camisinha é o sapatinho de cristal da nossa geração. Você veste quando conhece um estranho, dança a noite toda e depois joga fora;
5. Somos uma geração sem peso na história, sem propósito ou lugar. Não tivemos uma guerra mundial, não temos uma grande depressão. Nossa guerra é espiritual, nossa depressão são nossas vidas;
6. As coisas que você possui acabam possuindo você. Você só é livre pra fazer o que realmente quer depois que perder tudo;
7. Fomos criados através da TV para acreditar que um dia seriamos milionários e estrelas de cinema. Mas não nos tornamos isso, estamos muito, muito putos e, aos poucos, tomamos consciência;
8. Somos uma geração de homens criados pelas mulheres. Eu me pergunto se outra mulher é a resposta que precisamos;
9. Tenho pena desses caras trancados no ginásio, tentando ficar do jeito estipulado por Calvin Klein ou Tommy Hilfilger;
10. Seu emprego não é o que você é, nem o quanto ganha ou quanto dinheiro tem no banco. Nem o carro que dirige, nem o que tem dentro da sua carteira. Você é uma merda ambulante do mundo.

Lições que parecem dar um verdadeiro soco na consciência da gente, né? Mas Clube da Luta tem esse princípio mesmo: chocar e, ao mesmo tempo, trazer reflexões profundas sobre a vida. 

Fãs do filme, não deixem de dar uma espiada nos nossos posters desse clássico do cinema! Temos duas artes incríveis. Saca só: 




Todos os posters estão a partir de R$39,30! Vem pra loja e faça seu pedido: www.mundominimalista.com.br ;)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Os Vingadores vão ganhar jogo produzido pela Square Enix

Square Enix Marvel Entertainment anunciaram uma parceria para "múltiplos jogos" baseados em personagens dos quadrinhos da casa de ideias. O primeiro desses - que ainda não tem título oficial - será um projeto com o principal grupo de heróis da editora, Os Vingadores. :D

O jogo dos Vingadores ainda não tem data para ser lançado, mas o trailer confirma a presença do Homem de FerroHulkCapitão América Thor no jogo. Assista ao vídeo:

Mais informações sobre o jogo - e os outros projetos da Square e Marvel - serão divulgadas em 2018. Ainda não há plataformas confirmadas, mas PS4, PC e Xbox One são apostas seguras. \o/ Bom demais, né? 
Fãs de Os Vingadores, nossa loja tem um poster incrível deles! Saca só:

Perfeito, né? Garanta o seu na Loja Mundo Minimalista. Acesse: www.mundominimalista.com.br

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Importantes Lições de Marshall e Lily para um Relacionamento Saudável


Hoje é dia de falar um pouquinho sobre uma das séries de comédia mais amada de todos os tempos: How I Met Your Mother. Se você assistiu, certamente se apaixonou pelo casal Marshall e Lily assim como a gente! <3  Interpretados pelos atores Jason Segel e Alyson Hannigan, eles fazem parte do círculo de amigos próximos a Ted Mosby (Josh Radnor) e roubaram a cena diversas vezes.
Marshall e Lily são namorados desde a época da faculdade, onde conheceram Ted. Eles sempre estão juntos, salvo algumas brigas no caminho, e nos ensinam uma série de lições que podemos aplicar em nossas próprias vidas. Principalmente, na vida a dois. Que tal então aprender um pouquinho com eles a como manter a saúde e o bom humor no relacionamento amoroso? 
Se liga nessas superdicas abaixo! ;)
1 - TEORIA DA AZEITONA
O próprio casal defendia que o relacionamento perfeito deve seguir a Teoria da Azeitona: ele odeia o alimento, mas ela adora, e isso prova que deve haver equilíbrio na relação. Porém, no primeiro episódio, Ted descobre que Marshall também gosta de azeitonas, mas mentiu, para que Lily ficasse com as dele em um jantar. De qualquer forma, é uma teoria válida.
2 - BOM HUMOR
Mesmo quando as coisas estão dando errado, o casal não perde o bom humor. No casamento de Marshall e Lily, alguns contratempos os deixaram nervosos, mas no fim, a cerimônia foi linda e baseada na cumplicidade que eles sempre tiveram.
3 - MELHORES AMIGOS
Com tanto tempo de namoro, é normal que o casal também desenvolva uma grande amizade, e foi assim com Marshall e Lily. Eles são, antes de tudo, parceiros um do outro, e demonstram isso de diversas formas.
4 - VENCEM A DISTÂNCIA
Alguns contratempos e viagens inesperadas acabam afastando o casal, mas isso não precisa ser um problema. Quando o pai de Marshall morre, ele vai para a cidade natal para cuidar da mãe, e Lily fica sozinha em Nova York. Ela cria então o Marshpillow, uma almofada com a foto de Marshall, para matar a saudade do amado.
5 - APOIO INCONDICIONAL
Tanto Marshall quanto Lily precisam tomar decisões importantes sobre suas carreiras, que envolvem mudanças até de país. Apesar das divergências, Lily e Marshall se apoiam e acreditam na felicidade do outro, mesmo que isso signifique fazer algumas concessões.
Esse casal é realmente uma inspiração pra gente, né? Mesmo nos momentos ruins eles dão um jeitinho pra ficar tudo bem... <3 Muito amor por Marshall e Lily!
Vocês concordam com essas 5 Lições? Deixem a opinião de vocês. :)
Ahhh e, para os fãs de HIMYM, a nossa Loja tá recheada de produtos lindos. Desde agendas e planner, a colares e posters. Olha quanta coisa linda: 


Vem conferir tudo na Loja Mundo Minimalista. Acessa: www.mundominimalista.com.br ;)

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Os Grandes Indicados ao Oscar 2017


Aêêêê! Saiu a lista dos indicados ao Oscar 2017! \o/ Os filmes que esperávamos encontrar, de fato, fizeram-se presentes. Mas não seria uma verdadeira premiação da Academia se não houvesse a comoção e o fascínio. Um novo clássico está posto: La La Land!


La La Land: Cantando Estações iguala recorde histórico e lidera com 14 indicações no Oscar 2017.

"La La Land: Cantando Estações" marca um feito com 14 indicações e se iguala aos filmes mais nomeados de todos os tempos na história do Oscar - "Titanic" e "A Malvada". O diretor Damien Chazelle pode se tornar o mais jovem diretor a receber um Oscar. Além disso, o longa recebeu importantes nomeações como: Melhor Filme, Ator para Ryan Gosling, Atriz para Emma Stone, Roteiro Original, duas em Canção Original e muitas outras categorias técnicas!

Outra produção de destaque foi "Moonlight: Sob a Luz do Luar", obtendo a atenção dos votantes em 8 categorias. O longa foi indicado a Melhor Filme, Melhor Diretor para Barry Jenkins, Ator Coadjuvante para Mahershala Ali, Melhor Atriz Coadjuvante para Naomie Harris, Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora.

Moonlight: Sob a Luz do Luar teve 8 indicações.

A ficção-científica "A Chegada" também recebeu 8 nomeações - incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor para Dennis Villenueve, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Edição, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

A Chegada também teve 8 indicações.

Já as produções “Até o Último Homem”“Lion: Uma Jornada para Casa” e “Manchester à Beira-Mar” conseguiram 6 nomeações cada um.

Para quem adora animação, a disputa entre "Zootopia: Essa Cidade é o Bicho" e "Kubo e as Cordas Mágicas" seguirá na premiação mais importante. A categoria de Melhor Filme Estrangeiro também promete uma intensa disputa entre o alemão "Toni Erdman" e o iraniano "O Apartamento", do já premiado Asghar Farhadi.

E não podemos deixar de comentar sobre Meryl Streep e Viggo Mortensen. Ambos vinham de corridas muitos incertas, sem grande destaque nas premiações. E, agora, a talentosíssima Meryl conseguiu emplacar mais uma indicação na sua carreira e ainda com chances de vitória, pois a disputa de Melhor Atriz está aberta! E Viggo trouxe a única indicação de "Capitão Fantástico", um filme que merece ser lembrado.
Os vencedores serão revelados em 26 de fevereiro. Agora é aguardar e torcer pros nossos preferidos! :)

Fãs de filmes, vem pra loja e confiram nossos posters de grandes sucessos do cinema! Todas artes incríveis! Acesse: www.mundominimalista.com.br

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Lições de Vida que Aprendemos Assistindo Vikings


Poucas figuras são tão emblemáticas quanto os Vikings. Guerreiros barbudos que viviam para a guerra, bebiam muita cerveja – ou hidromel – e ficaram famosos por causar terror em boa parte da Europa durante o século X.

Seria muito fácil fazer uma obra baseada nos guerreiros e cair para o lado mais galhofa, porém, isso é exatamente o contrário que a série “Vikings” faz. Seguindo a história de Ragnar Lodbrok – um guerreiro que existiu na vida real – a produção conta os dramas de um homem que tem que lidar com política, amor, amizades e família em um tempo cheio de guerras e incertezas. Mais ou menos o que vivemos hoje em dia, não? 

Por isso, a Loja Mundo Minimalista separou 3 lições de vida que você pode aprender com a série Vikings. Se liga:


NOSSO MEDO DE MORRER NOS IMPEDE DE VIVER


A coisa mais louca sobre a cultura viking é que, para eles, morrer durante um conflito era a única forma de ir para o Valhala, a versão deles para o paraíso. Por não temerem a morte, os guerreiros da série não pensam duas vezes antes de travar batalhas arriscadas em busca do que querem.

É com esse pensamento que Ragnar e seus guerreiros constroem seus barcos para realizar os primeiros saques vikings no reino inglês. Mas tudo bem. Não estamos dizendo que você tem que por sua vida em risco, mas... será que você realmente tem vivido? Com a vida adulta, acabamos nos afundando em uma rotina diária com muito pouco tempo que pode ser dedicado a qualquer outra atividade. Junte isso com o medo de se machucar, medo de ficar doente, medo de passar vergonha, e, dificilmente, você vai fazer algo de novo na sua vida.

Arrisque-se, mesmo que seja de jeitos pequenos. Inscreva-se naquele esporte diferente, chegue naquela mina para trocar uma ideia, faça aquela viagem. Torne-se uma pessoa ativa e não vire um mero espectador da sua vida.

SEJA AMBICIOSO E MANTENHA-SE FOCADO


Talvez uma das palavras mais mal interpretadas do português seja a ambição. Tratamos alguém “ambicioso” como alguém errado e que não é humilde. Ambição nada mais é do que querer algo de melhor para sua vida: desde um emprego novo, um salário melhor até uma melhor qualidade de vida para seus filhos.

Para os vikings da série, a ambição maior era conquistar novas terras, expandir seu reinado e explorar novos territórios – algo que Ragnar e seu filho Bjorn tem em comum. Além disso, os membros da família Lodbrock e seus companheiros são exemplo de foco e determinação.

É só olhar para a determinação de Floki enquanto bola suas invenções, o caminho de Ragnar para se tornar Rei e até mesmo a conturbada trajetória de Rollo até achar um lugar aonde pertença. Por isso, meu amigo, não tenha medo de almejar coisas, muito menos de se dedicar para conquistá-las.

SAIBA A HORA DE PARAR


Quem assistiu a temporada, sabe que um dos grandes fios condutores da série Vikings é a maneira como um homem lida com a consequência de suas escolhas e atitudes.

Se antes dissemos que aprendemos com a série a importância de se arriscar e de se manter focado em um objetivo, é muito importante também saber a hora certa de parar. E o maior exemplo disso – sem dar muitos spoilers – é Ragnar. Às vezes, ficamos tão cegos em busca de algo que, no meio do caminho, sacrificamos relacionamentos, saúde e queimamos pontes que nunca mais poderão ser levantadas.

Por isso, amigo, o ideal é sempre buscar o equilíbrio entre conquistar coisas novas e não perder aquilo que você já tinha.

O que acharam dessas lições de vida? Concordam? Comenta com a gente a opinião de vocês. :)

Ahhhhh! E não poderíamos deixar de mostrar o quanto é perfeito o nosso poster de Vikings! Saca só:


Curtiu? Então vem pra loja e peça seu poster na Mundo Minimalista. Acesse: www.mundominimalista.com.br ;)

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Oscar 2017: Confira os Favoritos na Categoria Melhor Filme Estrangeiro

Continuando nossa coluna sobre a corrida para o Oscar 2017, hoje, trouxemos para vocês os 5 favoritos ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, de acordo com a crítica de Ricardo Odilec, especialista em sétima arte. Ele nos contou quais longas têm grandes chances de levar a estatueta mais desejada do cinema. 

Quer saber quais são? Confira, abaixo, os cinco favoritos: 


Como sempre no cinema de Farhadi, uma situação cotidiana inicial se desenrola numa sucessão de desdobramentos inimagináveis. Para isso, o diretor habilmente deixa muitas sugestões e insinuações no ar, nunca confirmando todas as informações que surgem. Interessado em discutir os ruídos na comunicação no âmbito familiar moderno, Farhadi brinca com o espectador, soltando informações no seu devido tempo para transformar a narrativa e rumar com sua história para direções imprevisíveis. Por exemplo, nunca fica claro que tipo de agressão Rana sofreu no apartamento, se apenas apanhou ou se foi também violentada sexualmente. A violência sofrida por ela, independente de qual tenha sido, cria uma ruptura na sintonia entre o casal, que passa a não conseguir se entender ou se comunicar devidamente. Emad só quer saber de vingança, Rana só quer esquecer e se mudar daquele lugar. Ambos atores, à noite se transformam para encenar A Morte do Caixeiro Viajante, no qual também são um casal em crise, e logo o filme começa a buscar respostas e sugestões nos diálogos travados entre Emad e Rana.

País: Irã
Filme: O Apartamento

O filme traz à luz do dia um capítulo pouco conhecido da história da Segunda Guerra Mundial sobre um grupo de jovens prisioneiros de guerra forçados a retirar milhões de minas terrestres das praias dinamarquesas. Uma história onde o amor, o ódio e a reconciliação vivem lado a lado.

País: Dinamarca
Filme: Land of Mine

O longa de Xavier Dolan é sobre a falta de comunicação, sobre laços impossibilitados de serem reatados. Um filme em que os personagens não conseguem se ouvir. Nos gritos e na montagem em excesso, o que há em É Apenas o Fim do Mundo é uma sobreposição de falas que estão ali apenas para agredir. No longa, há o caos, um estado permanente em que aquelas personagens se encontram. Não é um cinema de movimentos dramáticos, mas de uma trama que gira em torno de si mesma, como se nada captado pelas câmeras fosse mudar o que se vê, num constante movimento sem direção, sentido ou até mesmo objetivo. Parece contraditório, mas é um filme muito bem desenvolvido que vale a pena ser assistido. 

País: Canadá
Filme: É Apenas o Fim do Mundo

O filme, que se passa na época da Segunda Guerra Mundial e do Holocausto, retrata o destino cruzado de três personagens centrais: Olga (Iúlia Visotskaia), uma aristocrata russa e membro da resistência francesa; o francês Jules (Philippe Duquesne); e o oficial de alta patente das tropas nazistas chamado Helmut (Christian Clauss). Uma história intrigante e envolvente.

País: Rússia
Filme: Paraíso

O filme de Maren Ade pode ser perfeitamente compreendido dentro do cinema autoral alemão deste novo milênio. Toni Erdmann é uma comédia sobre reaproximação, que tem como objetivo secundário explorar as máculas da vida de negócios a partir da visão feminina – vítima de constantes pressões e, até mesmo, de assédios. Neste caso, a presença de Winfried é usada para quebrar o gelo em um ambiente executivo – teoricamente sério e fechado.

País: Alemanha
Filme: Toni Erdmann

Muito legal esses longas que Ricardo Odilec trouxe pra gente, né? Somos muito fãs de filmes estrangeiros. Ao invés de focarem nas superproduções, procuram explorar temas fortes e possuem roteiros extremamente envolventes e inteligentes. Vocês não acham? 

Se você curte muito filmes, vai adorar os posters da nossa loja! Quadros de grandes sucessos do cinema para você arrasar na decoração. Acessa o site e confira: www.mundominimalista.com.br ;)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Os Melhores Episódios das Séries Mais Vistas na Netflix

Nós demos uma olhada na lista de séries mais vistas da Netflix em 2016 e vimos quais são os episódios com as notas mais altas de cada uma delas, segundo os usuários do IMDB.


Então, se fosse pra ver um episódio dessas séries, a Loja Mundo Minimalista recomendaria esses aqui:


1 - “The Final Page: Part Two” (2012) de “How I Met Your Mother”

Em “How I Met Your Mother”, o episódio favorito dos usuários é o 12º da 8ª temporada. Nele, o triângulo entre Robin, Ted e Barney passa por uma das reviravoltas mais doidas de toda a série.

2 - “Canção do Cisne” (2010) de “Supernatural”

O 22º episódio da 5ª temporada de “Supernatural” é um favorito do público e um clássico “renova temporada”. Bem, eles são especialistas nisso, a série já está no ar há 13 anos!


3 - “Morte e companhia” (2010) de “Grey’s Anatomy”

No 24º episódio da 6ª temporada de “Grey’s Anatomy”, Derek leva um tiro dentro do hospital, Meredith acaba de descobrir que está grávida e Christina tem que fazer de tudo para salvar a vida do pai do filho de sua melhor amiga.

4 - “The Last One: Part 2” (2004) de “Friends”

O último capítulo de “Friends” é perfeito para nos lembrar porque acompanhamos esses personagens por tanto tempo! Um adeus justo e no tempo certo.

5 - “No Sanctuary” (2014) de “The Walking Dead”

No episódio de estreia da 5ª temporada de “The Walking Dead”, os roteiristas não pouparam esforços para deixar o pessoal falando. O que é melhor do que canibais zumbis? Tacar fogo neles!


6 - “Ozymandias” (2013) de “Breaking Bad”

O antepenúltimo capítulo de “Breaking Bad” é, até o momento, o único episódio de uma série que tem nota 10 no IMDB!

E a melhor parte vem agora! Na nossa loja, você encontra posters de todas essas séries. Cada arte mais perfeita que a outra. Olha só:





Lindos, né? Na Loja Mundo Minimalista, você encontra mais de 30 posters de séries! Vem ver: www.mundominimalista.com.br ;)

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

La La Land: O Grande Destaque do Globo de Ouro 2017


Com estreia agendada para 19 de janeiro, La La Land – Cantando Estações terá pré-estreias pagas a partir da próxima quinta-feira, dia 12 de janeiro. As sessões antecipadas já estão confirmadas em complexos das redes Cinemark, UCI, Kinoplex, Cinépolis, entre outras.

O longa venceu em 7 categorias da 74º edição do Globo de Ouro: Melhor Filme na categoria Comédia ou Música, Melhor Roteiro e Direção para Damien Chazelle, Melhor Trilha Original, Melhor Atriz de Comédia ou Música para Emma Stone, Melhor Ator de Comédia ou Música Para Ryan Gosling e Melhor Música para “City of Stars”.



O filme abriu o Festival de Veneza em 2016 e foi premiado com o Leão de Ouro pela atuação de Emma Stone. A produção também integrou a programação do Festival Internacional e levou o prêmio de Melhor Filme.

A ficção apresenta a história de Mia (Emma Stone), uma aspirante a atriz, e Sebastian (Ryan Gosling), um músico de jazz dedicado, que estão lutando para sobreviver em uma cidade conhecida por esmagar as esperanças e quebrar os corações. Ambientado na moderna Los Angeles, este musical original fala sobre a vida cotidiana e explora a alegria e a dor de um casal que persegue os seus sonhos. 

Ansiosos pela estreia? Com certeza, a Mundo Minimalista vai conferir esse grande sucesso nos cinemas! \o/ 

Não deixem de conferir nossos posters de filmes na Loja! O site tá repleto de artes incríveis. :D Vem ver: www.mundominimalista.com.br 

domingo, 8 de janeiro de 2017

8 Teorias de relacionamento de Barney Stinson em How I Met Your Mother

Quem assistiu à série de comédia How I Met Your Mother, com certeza, morreu de rir com o personagem Barney Stinson. Dono de uma personalidade ímpar, ele cativa a todos com sua auto-estima, seu bom-humor e sua grande aversão à relacionamentos. 

E pra animar esse domingo, a Loja Mundo Minimalista trouxe para vocês 8 Teorias de Relacionamento abordadas pelo personagem durante a série! 

É incrível a criatividade dele! kkkkkkkk Divirtam-se! ;)






TEORIA DO EFEITO DO ANEL DE NOIVADO

Item de desejo feminino, a série aponta que, quando a mulher ganha e coloca o anel de noivado, automaticamente ela se torna invisível aos outros homens. Qualquer atenção especial ou vantagens que ela recebia antes são completamente apagadas e ignoradas pelo sexo oposto.



TEORIA DO EFEITO CHEERLEADER

Uma mulher é mais atraente quando está no meio de um grupo do que sozinha. Durante uma conversa com seus amigos no bar, Barney Stinson mostra algumas garotas que parecem bonitas apenas quando estão em grupo. Mas nenhuma é realmente atraente quando vista sozinha. A teoria apontada pelo personagem no sétimo episódio da quarta temporada foi comprovada por cientistas da Universidade da Califórnia. 


TEORIA DA ESCALA SEXY/LOUCURA

Uma pessoa é permitida ter acessos de loucuras, contanto que seja proporcionalmente sexy. O gráfico é usado para mostrar a relação sexy/loucura de alguém. Provavelmente, você vai querer que ela desenvolva uma linha diagonal, de quanto mais sexy, menos louca.


TEORIA DAS MULHERES WOOO!

Existe um tipo de mulher solteira que, quando sai em bandos para se divertir, precisam se auto afirmarem soltando gritos exacerbados e mostrando-se como o centro das atenções a todos. A teoria de Barney aponta que, no fundo, esse tipo de garota faz isso para encobrir uma tristeza profunda ou solidão.


TEORIA DO ÓCULOS DE FORMATURA

Quando o relacionamento foi uma merda, vocês viviam em pé de guerra, a foda era muito ruim e te atrasou por todos estes anos. Ainda assim, quando você está a um passo do rompimento final, um sentimento de nostalgia surge, fazendo parecer que o envolvimento foi algo mágico, memorável e muito bom. Você não passa isso só com relacionamento. Depois de passar pelos três anos intermináveis do ensino médio, onde passou por diversos bullings e não pegou ninguém, na formatura você percebe que tudo vai acabar ali e você tem vontade de reviver tudo novamente. Isso acontece também com seu emprego merda, quando você é mandado embora ou resolve sair. 


TEORIA DA LAGOSTA

Algumas pessoas têm a irritante vontade de querer algo ou alguém que, deliberadamente, não pode ter ou que te faz mal. Assim como Robin comeu lagosta mesmo depois do médico dizer que ela é alérgica e não deveria, existem homens e mulheres que só enxergam pessoas erradas para se envolver e que causam um grande mal em sua vida. Mesmo tendo cometido o erro e consciente disso, acabam vacilando mais uma vez, e mais uma vez, e mais uma vez…


TEORIA DO INÍCIO DO RELACIONAMENTO

As pessoas tendem a ser mais hesitantes em dizer não durante o início do relacionamento, sendo mais permissiva e interessante para agradar e conquistar o outro. Quando o relacionamento engrena, a verdade vem à tona.


TEORIA DA A SEREIA

Você passa tanto tempo com uma pessoa que passa a achar que ela é atraente. É o que acontecia com os marinheiros que, ao verem leões marinhos, achavam que eram mulheres-peixe, as sereias. Toda pessoa, não importa o quão mal diagramada ela é, tem um relógio-sereia. Se forem legais, com o tempo e o convívio, é provável que pessoas solteiras deem uma chance para esse tipo de pessoa. 


HAHAHAHAHA Fala sério! É impossível não concordar com essas teorias, né? Brincadeiras à parte, elas falam muito sobre a vida. 

E para os fãs de How I Met Your Mother, nossa Loja tá recheada de posters da série. Inclusive, temos também um Planner irado. Confere aí! ;)

Posters de O Código Bro, Lições de Vida da série e o Yellow Umbrella; e nosso Planner 2017! :)

Tudo lindo, né? Vem pra loja e deixe sua casa e sua vida mais criativa e divertida com How I Met Your Mother! Acesse: www.mundominimalista.com.br