Rede Social


terça-feira, 31 de janeiro de 2017

10 Lições que todo fã de Clube da Luta vai adorar recordar



“Cada palavra que você lê é um segundo de sua vida que você perde. A sua vida é tão vazia que você não consegue nem pensar em um outro jeito de gastar seu tempo? Você lê tudo que deveria ler? Você pensa exatamente tudo que te mandam pensar? Saia do seu apartamento. Prove que você está vivo. Se você não for atrás da sua humanidade, você vira uma estatística” (Tyler Durden, Clube da Luta)

Se você não reconhece a assinatura aí em cima, melhor não seguir este texto. Do contrário, sabe muito bem de que se trata de um personagem de Clube da Luta (Fight Club), filme dirigido por David Fincher e baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk. A história apresenta um homem comum (Edward Norton) descontente com seu trabalho, sua vida e a sociedade ao seu redor. Negando tudo, ele se junta com Tyler Durden (responsável pela frase acima e interpretado por Brad Pitt) para formar um clube de combate sem muitas regras, recheado de violência, crítica à sociedade norte-americana e frases feitas. O longa foge da estética de produções hollywoodianas e retrata a geração dos anos 90: vazia, sem grandes ideias e apoiada no consumo. Para fugir dessas amarras e ter a sensação de liberdade, o protagonista precisa perder tudo e experimentar a dor real.



Selecionamos 10 lições do Clube da Luta. Se estiver preparado, é só conferir:

1. A primeira regra do Clube da Luta é: não se fala sobre o Clube da Luta;
2. Considere a possibilidade de que Deus não goste de você, nunca lhe quis e, provavelmente, te odeia;
3. Não queira ser completo, nada de querer ser perfeito. Pare de tentar controlar tudo e deixe o barco correr;
4. A camisinha é o sapatinho de cristal da nossa geração. Você veste quando conhece um estranho, dança a noite toda e depois joga fora;
5. Somos uma geração sem peso na história, sem propósito ou lugar. Não tivemos uma guerra mundial, não temos uma grande depressão. Nossa guerra é espiritual, nossa depressão são nossas vidas;
6. As coisas que você possui acabam possuindo você. Você só é livre pra fazer o que realmente quer depois que perder tudo;
7. Fomos criados através da TV para acreditar que um dia seriamos milionários e estrelas de cinema. Mas não nos tornamos isso, estamos muito, muito putos e, aos poucos, tomamos consciência;
8. Somos uma geração de homens criados pelas mulheres. Eu me pergunto se outra mulher é a resposta que precisamos;
9. Tenho pena desses caras trancados no ginásio, tentando ficar do jeito estipulado por Calvin Klein ou Tommy Hilfilger;
10. Seu emprego não é o que você é, nem o quanto ganha ou quanto dinheiro tem no banco. Nem o carro que dirige, nem o que tem dentro da sua carteira. Você é uma merda ambulante do mundo.

Lições que parecem dar um verdadeiro soco na consciência da gente, né? Mas Clube da Luta tem esse princípio mesmo: chocar e, ao mesmo tempo, trazer reflexões profundas sobre a vida. 

Fãs do filme, não deixem de dar uma espiada nos nossos posters desse clássico do cinema! Temos duas artes incríveis. Saca só: 




Todos os posters estão a partir de R$39,30! Vem pra loja e faça seu pedido: www.mundominimalista.com.br ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário