Rede Social


sexta-feira, 17 de março de 2017

5 teorias de Harry Potter que vão te dar vontade de ler tudo de novo


Um dos assuntos favoritos dos fãs de Harry Potter é a criação de teorias que expliquem pontos em aberto da saga. Muitas vezes, elas surpreendem até mesmo os leitores mais céticos. Escolhemos as cinco conspirações mais inteligentes já compartilhadas envolvendo o mundo mágico e listamos abaixo. Dê uma olhada e diga o que acha! ;)

1 - BICHENTO PERTENCIA AOS POTTER

Sabe aquele gatinho ruivo que Hermione comprou em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e que tirava Rony do sério? Há fortes chances de ele ter pertencido a Lilian Potter antes de sua morte. 

Quando o trio está no Largo Grimmauld, Harry lê uma carta escrita à mão pela mãe. No texto, ela menciona que tinha um gato e Harry se pergunta se o animal sobreviveu ao ataque de Voldemort. Nunca fica explicado onde esse gato foi parar.

Voltando ao O Prisioneiro de Azkaban, o vendedor de Bichento diz a Hermione que o gato está à venda “há algum tempo” e que ninguém o quer. Ainda no mesmo livro, Bichento estranhamente reconhece Pedro (na forma de Perebas) e Sirius (na forma de cão). A teoria garante que isso acontece porque tanto Black quanto Pettigrew costumavam visitar a casa dos Potter enquanto vivos.


2 - OS DURSLEY ESTAVAM SOB EFEITO DE UMA HORCRUX O TEMPO TODO

Havia um motivo maior para o modo abusivo como Harry era tratado pelos tios, os Dursley. Como descobrimos em Harry Potter e as Relíquias da Morte, as Horcruxes podem provocar efeitos negativos em quem as possui, causar mudanças de pensamento e influenciar seus donos, assim como ocorreu com Rony, que permaneceu com o Medalhão de Slytherin por tempo demais e acabou se estranhando com Harry e Hermione a ponto de abandoná-los durante o último livro.

Agora faça a conexão: quem se tornou uma Horcrux, por culpa de Voldemort, quando era um bebê? Sim, o Harry! E ele esteve com os Dursley por dez anos, tempo o suficiente para a sua Horcrux interior criar um efeito terrível sobre sua família adotiva.

Embora, de fato, seja uma teoria bastante inteligente, o texto causou polêmica por ser problemático e nunca foi comentado por J.K. Isso não impediu que ganhasse popularidade e fosse compartilhado milhares de vezes.

3 - HARRY POTTER TORNOU-SE IMORTAL

Lembra-se da profecia feita por Sibila Trelawney sobre Harry e Voldemort? “Aquele com o poder de vencer o Lorde das Trevas se aproxima (…) e um dos dois deverá morrer na mão do outro, pois nenhum poderá viver enquanto o outro sobreviver”. Tanto os personagens da história quanto nós, leitores, entendemos que um deles precisaria matar o outro para que então a profecia fosse concluída. Mas uma publicação causou reboliço na internet, apontando uma nova interpretação para a tal mensagem.

De acordo com esta teoria, o trecho da profecia “e um dos dois deverá morrer na mão do outro” deixa a entender que um deles SÓ poderia morrer pelas mãos do outro. Dessa forma, quando Harry derrotou Voldemort, ele não só salvou o mundo bruxo como também se tornou imortal.

Se, de acordo com a profecia, a única maneira que Harry poderia morrer era pelas mãos de Voldemort, com Voldemort morto, ele não pode mais morrer. Óbvio, não? E esse, na verdade, seria seu sacrifício final: assistir a todos os seus entes queridos e amigos partindo enquanto ele permaneceria vivo para sempre.

4 - DRACO AJUDOU HARRY A DESVENDAR O SEGREDO DA CÂMARA SECRETA

No segundo livro, ao visitarem Hermione petrificada na ala hospitalar, Harry e Rony descobrem a pista mais importante para suas investigações sobre a Câmara Secreta: um pedaço de papel preso na mão da estudante em que há explicações de como um monstro tão grande como o basilisco pode estar escondido no castelo sem ser notado.

Para começar, vamos ser sinceros – existe alguém mais nerd e apaixonada por livros do que Hermione Granger? Então por que ela rasgaria a página de um livro da biblioteca da escola? A verdade é que tal atitude de vandalismo não combina muito com a personagem.

No filme que adapta o livro, recebemos uma pista: a cena de Malfoy no Beco Diagonal em que ele rasga a página de um livro e a esconde no bolso. À primeira vista, parece ser uma cena sem importância, e pouca gente havia dado atenção a ela.

Seria esta a maior prova de que Draco, diferentemente do pai, nunca quis arruinar a vida de Harry? Aliás, talvez tenha sido o próprio Lucio Malfoy a fonte de informações de Draco, já que o próprio era Comensal da Morte e, provavelmente, conversava em casa sobre tudo que estava acontecendo em Hogwarts.

Nós já sabemos que J.K. possuía o costume de compartilhar segredos nunca revelados nos livros com os produtores e diretores dos filmes, e isso explicaria por que uma cena tão nonsense foi adicionada ao segundo filme e que, até agora, parecia sem razão.

5 - OS IRMÃOS PEVERELL E A MORTE

Esta é, provavelmente, a mais brilhante de todas. Inclusive, J.K. Rowling admitiu ser a sua favorita por ser “linda e por se encaixar perfeitamente”. Nesta teoria, temos O Conto dos Três Irmãos em foco e, de acordo com o criador da conspiração, cada irmão é representado por um personagem da saga.

Primeiro, vamos relembrar o conto: três irmãos bruxos chegam a um lago e, usando seus poderes, constroem uma ponte para atravessá-lo. A Morte, sentindo-se enganada, aparece para eles e, dizendo-se lisonjeada, permite que cada um peça o que quiser. O primeiro pede uma varinha superpoderosa, a Varinha das Varinhas; o segundo pede algo que lhe permita ressuscitar os mortos e ganha a Pedra da Ressurreição; e o terceiro, suspeitando das intenções da Morte, pede algo que o permita se esconder de todos, até mesmo dela, e assim ganha a Capa da Invisibilidade.

Eventualmente, o primeiro irmão é assassinado por causa da Varinha das Varinhas. O segundo traz um antigo amor de volta à vida e, ao perceber que ela não pertence mais àquele mundo, mata-se para se juntar a ela. O terceiro envelhece e, ao saber que chegou sua hora, “cumprimenta a morte como uma velha amiga”.

Os fãs já há muito especulam que os três irmãos são alegorias dos personagens da saga. O irmão mais velho seria Voldemort, que roubou a Varinha das Varinhas de Dumbledore. O do meio seria Snape, que passou a vida arrependido, buscando resgatar o amor de uma pessoa já falecida. Já o irmão mais novo seria Harry, humilde e sensato, que ganhou a capa.

Mas... quem seria a Morte? De acordo com a teoria, ninguém menos que Dumbledore, o proprietário dos três presentes dados aos irmãos. E, por incrível que pareça, isso corresponde perfeitamente à história, já que Dumbledore entregou a capa da invisibilidade para Harry, confiou a Pedra da Ressurreição a Snape e teve a Varinha das Varinhas roubada por Voldemort em seu túmulo.

E, só para lembrar, quem é a pessoa que recebe Harry na estação King’s Cross quando ele “morre” na Floresta Proibida? Dumbledore! E é o próprio professor que diz a Harry que ele pode decidir se quer voltar ao mundo dos vivos ou pegar um trem e partir para sempre. É de arrepiar, né? Teoria mais que perfeita!

O que acharam das teorias? Acreditam? Deixem seus comentários. :)

Os fãs de Harry Potter fazem a festa na nossa Loja. Um monte de produtos lindos! Olha só: 





Tudo lindo e mágico! <3
Garanta já seus produtos, clica aqui: www.mundominimalista.com.br ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário